EQUIPE ESCOLAR 2014

Projeto: SEM HIGIENE NÃO HÁ SAÚDE

PROJETO: SEM HIGIENE NÃO HÁ SAÚDE
OBJETIVO GERAL:
  • O projeto tem o objetivo de oportunizar ao educando situações por meio dos quais ele possa estabelecer relações entre o desenvolvimento de hábitos de higiene corporal, organização do ambiente, de integração com a família, escola, comunidade e colocar em prática o aprendizado do projeto em seu cotidiano.
OBJETIVOS ESPECÍFICOS:
  • Levar o aluno a perceber a necessidade de adquirir bons hábitos de higiene;
  • Identificar e criar o hábito de uma boa higiene e cuidados com o corpo para ser saudável;
  • Desenvolver independência para manter sua higiene pessoal;
  • Refletir sobre as suas ações diárias em relação a sua saúde, o que engloba cuidado e preservação com o meio ambiente e com a higiene;
  • Identificar a necessidade de contribuir para manter seu ambiente familiar e escolar organizado e limpo, valorizando as atitudes relacionadas com o bem estar individual e coletivo;
  • Discutir as formas de higiene corporal, bucal, etc.;
  • Estimular para a prática correta de tomar banho, cortar as unhas e cabelos;
  • Adotar hábitos de auto-cuidado;
  • Valorizar a cooperação nas atividades realizadas como forma de aprendizagem;
  • Produzir textos sobre o tema.
JUSTIFICATIVA:
Educar para higiene corporal visa buscar uma prática participativa de modo que as orientações para os alunos sejam coerentes com a linguagem do próprio corpo e de sua realidade, facilitando a apropriação do conhecimento científico a respeito de si mesmo, sobre as condições de vida do lugar onde vive e a importância de colocar em prática certos hábitos que contribuirão decisivamente no cuidado com ele e o local onde mora. Quando o aluno percebe que estes hábitos o ajudam a viver melhor, sem dúvida alguma ele estará motivado a colocá-los em prática com regularidade. Isso faz com que o educador seja o mediador, renovando e incentivando o interesse em se praticar corretamente os hábitos de higiene. Muitas vezes, nós, educadores, percebemos certo desconforto em nossos alunos, provocando até mesmo um baixo índice de rendimento escolar e autoestima. É neste momento que devemos esclarecer e estimular os alunos, propondo uma tomada de consciência no que diz respeito à saúde, à limpeza corporal, à postura em sala de aula, na escola e na comunidade. Ser saudável é também estabelecer bons hábitos e compreender que o nosso corpo merece um carinho especial, e que esse tratamento nos traz benefícios.
O Projeto é uma proposta que possibilita e garante uma aprendizagem efetiva e transformadora de atitudes e hábitos de vida. Ao educar para a saúde e para a higiene, de forma contextualizada e sistemática, nos vimos diante de um grande desafio para a educação, no que se refere à possibilidade de garantir uma aprendizagem efetiva e transformadora. É preciso educar para a saúde, levando em conta todos os aspectos envolvidos na formação de hábitos e atitudes que acontecem no dia-a-dia da escola e da comunidade escolar.
Observando a necessidade de se trabalhar esse tema no nosso âmbito escolar e na comunidade em que nossos alunos vivem e por acreditar que a escola é um veículo com grandes poderes de transmissão de pensamento e também auxiliadora no processo de construção de conhecimento, esse projeto apresenta propostas de aula a serem desenvolvidas sobre a higiene com o corpo e com o ambiente, visto que a maioria dos alunos é de uma comunidade muito carente e sem infra-estrutura necessária ao seu desenvolvimento social.
O presente trabalho se propõe, dentro de uma perspectiva interdisciplinar, desenvolver atividades relacionadas aos aspectos que envolvem o cuidado com a saúde e a formação de hábitos e atitudes do cotidiano da escola e da comunidade em que vivem, os quais são necessários para uma vida saudável.
Destinando-se tal proposta aos alunos da Escola Municipal de Ensino Fundamental Professor Eurico Pinz procuramos mostrar a importância de manter o corpo asseado e o ambiente limpo, pois a melhoria das condições de saúde é produzida nos espaços coletivos e nas relações com as outras pessoas, mostraremos que a escola pode oferecer a oportunidade de aprendizagem de diferentes formas de ação que favoreçam a saúde e a higiene coletiva.
Recursos pedagógicos a serem utilizados:
  • Data show, vídeos, livros, revistas, jornais, folhas, passeio, materiais de uso diário dos alunos, tintas, pincéis e outros que se fizerem necessários para o desenvolvimento do projeto.
  • Dia da beleza, juntamente com feira de apresentação dos trabalhos. O dia da beleza e exposições dos trabalhos será um dia especial onde os alunos apresentarão a comunidade escolar o projeto desenvolvido na escola. Nesse dia também faremos o dia da beleza, onde convidaremos pessoas da comunidade para através de um trabalho voluntário realizar cortes de cabelos, escova, prancha, oficina: cuidando das unhas, etc.

PÚBLICO ALVO / TEMPO DE DURAÇÃO
O Projeto abrangerá todos os alunos da comunidade escolar, será desenvolvido no segundo bimestre do ano letivo de 2012, mas poderá estender-se conforme a necessidade.
CRONOGRAMA DE ASSUNTOS QUE SERÃO ABORDADOS PELAS TURMAS
Turmas
Assuntos trabalhados
6º anos
Higiene do corpo
7º anos
Higiene dos cabelos
7ª séries
Higiene das roupas
8ª séries
Higiene dos dentes
Aceleração 6º e 7º anos
Higiene das mãos e pés
Aceleração 7ª e 8ª séries
Higiene correta dos alimentos

Obs.: Todas os professores trabalharão o tema do projeto relacionando com sua disciplina.